Pesquisar
Imprimir
Procura de revendedor
load google maps

Pastas

A estrutura das pastas corresponde essencialmente à das massas. No entanto, a percentagem de lubrificantes sólidos é substancialmente maior. Isto garante uma ação de lubrificação, separação e proteção contra a corrosão mesmo no caso de utilização sob condições de temperatura e pressão extremas e com agentes agressivos.

Pastas para fácil montagem e desmontagem

A estrutura das pastas corresponde essencialmente à das massas. No entanto, a percentagem de lubrificantes sólidos é substancialmente maior. Isto garante uma ação de lubrificação, separação e proteção contra a corrosão mesmo no caso de utilização sob condições de temperatura e pressão extremas e com agentes agressivos. As pastas são utilizadas tanto a nível das uniões roscadas como da montagem de pinos e pernos à pressão, bem como em rodas dentadas.

Características de pastas

 Características  Norma  Descrição
 Teste Press-Fit   Fornece informações sobre o poder de lubrificação de pastas a uma pressão muito elevada e baixas velocidades de deslize (relevante para pastas de montagem)
 Coeficiente de fricção da rosca  DIN 946 O coeficiente µ durante o aperto de porcas e parafusos é determinado num banco de ensaios de parafusos (relevante para pastas para parafusos)
 Binário de separação

 DIN 267-27

Relação entre o binário de separação necessário e o binário de aperto na separação da união aparafusada
 Temperatura de utilização  

Lubrificação: Os óleos e outros lubrificantes sólidos são eficazes
Separação: Após a evaporação do óleo, efeito de separação através de lubrificantes sólidos

Estrutura das pastas

A estrutura das pastas de alto desempenho é semelhante à das massas.
A diferença essencial consiste no elevado teor de matérias sólidas, típico tanto das pastas de montagem (apenas efeito de lubrificação), como das pastas para parafusos (efeito de lubrificação e de separação).

Áreas de utilização de pastas

O âmbito de aplicação das pastas depende consideravelmente do teor de lubrificantes sólidos.

 Lubrificante sólido

Temperatura de utilização máxima [°C]  Aplicação
 PTFE  < 300 Montagem, influência dos fluidos

 MoS2

 < 450 Montagem, processos de montagem sob pressão
 Alumínio  < 1100 Uniões roscadas a altas temperaturas
 Cobre  < 1100 Uniões roscadas a altas temperaturas,
"Pasta "anti-gripagem", condutividade elétrica
 Níquel  < 1400 Uniões roscadas a temperaturas extremas
 "Óxidos" cerâmicos  < 1400 Uniões roscadas a temperaturas extremas, uniões roscadas de aço inoxidável

 

  • Contacto

    OKS Spezialschmierstoffe GmbH

    Ganghoferstr. 47
    82216 Maisach
    Germany

    • +49 (0) 8142 3051 - 500
    • +49 (0) 8142 3051 - 599
  • Combinar chamada de resposta

  • Catálogo geral

    Catálogo geral

    Gama de produtos completa OKS
    Noções básicas de tipos de lubrificantes e tribologia.

    Download