Pesquisar
Imprimir
Procura de revendedor
load google maps

Produtos em foco

01.04.2008

OKS 250 Pasta universal branca - Lubrificação de uniões roscadas na montagem de componentes de sistemas de locomotivas

A manutenção dos coeficientes de fricção constantes para obter uma pré-tensão definida é uma condição essencial para a montagem sem erros de uniões roscadas.

Os parafusos baseiam-se, em princípio, na conversão de um binário de aperto [MA em Nm] numa força de pré-tensão [FV em N] na espiga do parafuso, através da qual as partes a unir são comprimidas uma contra a outra (força de aperto).

A conversão é feita através da rosca do parafuso entre a cabeça e a porca do parafuso. As resistências de fricção na rosca do parafuso [μG] e na cabeça do parafuso [μK] regra geral reduzem a conversão do binário de aperto [MA] em força de pré-tensão [FV]. Mas, também tornam uma rosca de fixação, como num parafuso, autoblocante.

A gripagem da superfícies roscadas, a chamada gripagem a frio, ocorre vezes sem conta quando os parafusos são montados, sobretudo com aços de alta liga (materiais austeníticos), pelo que a pré-tensão definida deixa de poder ser atingida ou é evitada.

Também ocorrem constantemente problemas quando as uniões roscadas são desmontadas, por exemplo, através da gripagem a altas temperaturas de funcionamento (>200°C). Durante o processo, ocorre a oxidação da superfície e formam-se camadas de óxido (calamina) que podem bloquear a rosca. A temperaturas normais, a corrosão causada pelas características capilares da rosca, que permitem a penetração de humidade, pode tornar impossível o desaperto de um parafuso sem o destruir.

Descrição do produto OKS 250

O OKS 250 é uma pasta para parafusos branca, sem metal, para altas temperaturas, desenvolvida especialmente para parafusos de aço inoxidável. A OKS 250 não contém aditivos sulfurosos nem lubrificantes sólidos como, por ex., MoS2, que podem ter uma influência negativa no material dos parafusos sob condições de utilização extremas. Os lubrificantes sólidos brancos separam as superfícies roscadas fiavelmente durante a montagem, evitando a gripagem a frio. A manutenção constante do coeficiente de fricção garante uma conversão ótima de binário de aperto em pré-tensão. A consistência macia da pasta permite a aplicação de uma camada fina homogénea na rosca.

Graças à sua excelente proteção contra a corrosão, a OKS 250 permite a desmontagem não destrutiva de uniões roscadas, mesmo após um tempo de serviço longo e sob condições de utilização extremas.

Exemplo de utilização do OKS 250

Um fabricante alemão de locomotivas utilizou em todos os parafusos empregues na montagem das locomotivas a pasta OKS 250. Na qualidade de pasta universal, a OKS 250 é adequada para todos os materiais de parafusos mais correntes. Assim, para a montagem foi utilizada uma única pasta, em vez de várias pastas especiais. Além de simplificar o processo de aquisição, evitam-se também erros causados pela troca inadvertida dos produtos.
Para a empresa é também importante conseguir desfazer uma união, mesmo após um tempo de serviço longo e sob condições de utilização agressivas. A OKS 250 com os seus lubrificantes sólidos sem metal impede fiavelmente a tribocorrosão na rosca. Os aditivos anticorrosivos incluídos protegem o ponto de lubrificação fiavelmente contra a corrosão durante um longo período. Mesmo após solicitação a altas temperaturas, os lubrificantes sólidos permitem a desmontagem não destrutiva das uniões.

Um exemplo e a montagem do reservatório para a areia de travagem das locomotivas. Este é montado na parte da frente do bogie da locomotiva, estando por isso sujeito a chuva, neve, frio e calor. A OKS 250 é aplicada com um pincel nos quatro grandes parafusos de fixação do reservatório de areia antes da montagem.

Mais informações

OKS 250 - Pasta universal branca, sem metal

Voltar à vista geral
  • Combinar chamada de resposta

  • Serviço técnico e de apoio ao cliente

    Serviço técnico e de apoio ao cliente

    • +49 (0) 8142 3051 - 637